• Dicas sobre cartões, dinheiro e cheques em viagens

    Por isso é preciso seguir algumas regras de ouro quando o assunto é descansar tranquilo. Confira abaixo cinco dicas dadas pelo site Lonely Planet:

    1 – Transporte um pouco de dinheiro
    A dica número um em viagem é nunca deixar o dinheiro em um único lugar, pois, se você for roubado, fica sem nada para contar história. Por isso, mesmo se você planeja usar um cartão de crédito para tudo, mantenha um pouco de dinheiro separado em moedas que podem ser facilmente trocadas em casas de câmbio, como libras esterlinas, euro ou dólares. Guarde uma parte do dinheiro em bolsos secretos, saquinhos bem escondidos, que sejam suficientes para um possível imprevisto no cartão de crédito, por exemplo.

    2 – Viaje com cartões
    Se você prefere usar cartões, a dica é conferir se no país de destino seu banco é aceito normalmente. É importante avisar seu banco para onde está indo, para evitar um possível bloqueio. Muitas instituições bancárias permitem que isso seja feito pela internet. Outra regra importante é nunca deixar o cartão fora de sua vista, para evitar que seja clonado ou sofra qualquer tipo de fraude. Não esqueça de manter o número de emergência sempre à mão em caso de perda ou roubo. Sempre carregue um pouco de dinheiro reserva ou cheque de viagem. Além disso, pergunte ao seu banco as taxas financeiras cobradas ao usar o cartão fora do país. O roubo de identidade tem feito com que algumas pessoas não usem seu cartão do banco no exterior. No entanto, muitas empresas oferecem cartões pré-pagos.

    3 – Aposte em cheques de viagem
    O dinheiro é muito bom para ser usado em caso de emergência. No entanto, se você for roubado nunca mais verá a cor dele. Por outro lado, os cheques de viagens são aceitos pelos bancos e cambistas em todo o mundo e são fáceis de substituir, se perdidos ou roubados. A proliferação de caixas eletrônicos pelo mundo tem feito com que os cheques viagem sejam cada vez menos usados. Antes comprá-los, contate a empresa emissora e veja se os mesmos são aceitos no seu lugar de destino.

    4 – Tudo em dinheiro
    Alguns destinos como África e da Ásia ainda têm de se conectar à rede global, de modo que o dinheiro é sua única forma disponível para ser usada na viagem. O desafio é mantê-lo seguro durante todo o passeio. Siga as regras importantes para viajar com objetos de valor. Seja discreto com seu dinheiro – transporte apenas a quantia necessária para o dia e mantenha o restante no cofre do hotel. Enquanto estiver passeando, divida seu dinheiro em vários locais. E sempre tranque a porta do hotel à noite.

    5 – Dinheiro pelo telefone
    Se todas as opções anteriores falharem, você pode sempre pedir para algum parente enviar dinheiro do Brasil. Western Union e MoneyGram são boas alternativas para que se faça uma transferência eletrônica, pagando uma taxa por isso.

    Boas dicas não é? Uma melhor são os lembrancinhas brasileiras do Brasil na Bagagem!

  • Coliseu romano passará por obras

    Desde 1999, cada vez que qualquer país do mundo suspende uma execução ou elimina a pena de morte, todos os arcos do Coliseu de Roma se iluminam e ficam acesos durante a noite, uma iniciativa promovida pelas autoridades italianas, pelo Vaticano e por diversas ONGs da Itália.
    Pouco restou das lembranças das batalhas navais, das lutas entre gladiadores e das execuções públicas que a cada dia eram realizadas no Coliseu, sob o olhar atento de um povo sedento de diversão, durante seus primeiros 500 anos de história.
    O colosso que deu nome ao Coliseu
    Também não permaneceu na região o Colosso de Nero, uma estátua de 30 ou 35 metros de altura, fabricada em bronze e dedicada ao imperador romano, que foi a encarregada de dar o apelido de Coliseu ao Anfiteatro Flavio, seu verdadeiro nome, em honra à dinastia de imperadores que ordenaram sua criação no ano 70 d.C.
    Os encarregados de unir a antiguidade com os tempos modernos do século XXI sãoalguns homens disfarçados de soldados romanos da época que, vestidos com túnicas vermelhas e brancas, capacetes, espadas e escudos, posam nas fotos dos turistas, em troca de um euro.
    A seu redor, não faltam também os pintores de rua, os vendedores ambulantes e as lojinhas de lembranças, nas quais qualquer um pode comprar ímãs para geladeira, chaveiros, esculturas e camisetas com a imagem do Coliseu, um dos monumentos melhor conservados e mais valorizados no mundo todo.
    De fato, em 7 de julho de 2007 foi eleito pelos internautas como uma das “Novas Sete Maravilhas do Mundo Moderno”, só atrás do templo mexicano de Chichén Itzá, no marco de um concurso organizado pela empresa privada New Open World Corporation.
    Embora a maioria dos especialistas concordem em que é um dos monumentos melhor conservados da Roma Clássica, os desmoronamentos acontecidos em seu interior e em outros lugares da Cidade Eterna propiciaram a restauração de algumas de suas áreas.
    Os trabalhos de renovação, que criaram certas polêmicas na Itália porque correm a cargo da empresa italiana de calçados Tod’s, começarão no mês de setembro e terão um custo aproximado de 25 milhões de euros (cerca de US$ 36 milhões ou cerca de R$ 57,6 milhões).
    As obras de restauração
    Após as obras, que se estima que durem entre 24 e 36 meses, a superfície visitável do Coliseu será ampliada em 25%. Além disso, as portas do anfiteatro romano não serão fechadas durante os meses das obras, por isso que poderá ser visitado com total normalidade.
    Está previsto que se inicie com a restauração das fachadas norte e sul, as galerias e o hipogeu (galerias subterrâneas).
    Além disso, o sistema de iluminação de todo o recinto será melhorado e a segurança das instalações revisada, substituindo as cancelas atuais por um novo modelo mais moderno e seguro.
    Também se criará um centro de serviços na parte externa do Coliseu de aproximadamente 1.600 metros quadrados, que abrigará as bilheterias, uma livraria, uma cafeteria e vários banheiros, serviços que atualmente ficam dentro do próprio monumento.
    Trabalhos de restauração que pretendem que este monumento, desde 1980 declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, possa continuar sendo um ícone da Cidade Eterna e demonstrar que já não é aquele lugar que presenciou a morte de tantas pessoas como resultado dos espetáculos que promovia durante a Roma clássica.

    Fonte: Sara Rojas/EFE

  • Um dia perfeito em Buenos Aires

    Comece o dia às 8 da manhã na histórica Plaza de Mayo, praça frente à Casa Rosada, palácio presidencial argentino. A praça foi palco de muitas manifestações populares, convocadas pelos discursos de Juan e Evita Perón, por títulos mundiais ou para repudiar ditaduras e governos.

    Ande pela Avenida de Mayo, inspirada pela arquitetura parisiense, que começa no Cabildo e termina no Congresso, com prédios, cúpulas e lugares míticos de Buenos Aires como o Café Tortoni, inaugurado em 1858, o que o faz o mais antigo da cidade. Pare no local, que fica no número 825 da Avenida, e peça um café com uma medialuna con jamón y queso, deliciosos croissants com presunto e queijo típicos da Argentina.
    Continue pela Avenida de Mayo até a Praça do Congresso, observando no caminho prédios que se destacam pela sua arquitetura como o Hotel Chile e o Palacio Barolo, com gárgolas inspiradas no Inferno de Dante. Frente à sede do Congresso Nacional, belas estátuas e fontes recebem os turistas.
    Dali, pegue a famosa Avenida 9 de Julio, que é a avenida mais larga do mundo, avenida principal e coração de Buenos Aires, com o Obelisco, que é um símbolo da cidade. A poucos quarteirões, na rua Cerrito 618, não perca o Teatro Colón.
    Após visitar o Teatro, quando forem umas 10 da manhã, pegue um táxi até o elegante bairro da Recoleta e seu cemitério, onde descansam sob impressionantes lápides e mausoléus figuras históricas argentinas como Eva Perón. Após passear pelo bairro, dirija-se para o Museu Nacional de Belas Artes (Avenida del Libertador 1473), que conta com obras de artistas como Pablo Picasso, e para o Museu de Arte Latinoamericana (MALBA), na Avenida Figueroa Alcorta 3415.
    Depois de visitar os dois museus, entre 13h e 14h, a fome deve começar a bater. Nada como uma boa refeição no Café La Biela, na Avenida Quintana, antigamente frequentado pelo mestre da literatura argentina Jorge Luis Borges. Umas empanadas de carne, um suculento bife e um bom vinho tinto, com direito a um panqueque (crepe) de doce de leite acompanhado por um café deveriam ser suficientes para repor as energias.
    Pegue um táxi de volta para a Plaza de Mayo e prepare-se para uma boa caminhada para digerir o almoço! Ande pela rua Defensa (reservada para os pedestres nos finais de semana), entrando no bairro colonial de San Telmo, considerado o bairro mais romântico da cidade. Ruas estreitas, igrejas coloniais e conventillos (antigas moradias coletivas) ilustram o que faz de San Telmo um dos bairros mais típicos da cidade. No Pasaje de la Defensa, um antigo conventillo foi transformado em Mercado de Pulgas, onde você poderá comprar antiguidades e lembranças.
    Às 15h, você deveria estar chegando em Plaza Dorrego, pracinha no coração de San Telmo, que recebe aos domingos um mercado de antiguidades. Você pode parar para uma cervejinha no Bar Plaza Dorrego, na rua Defensa 1098, e visite as lojas de antiguidades antes de parar na bela Igreja Nuestra Señora de Belén, construída em 1733.
    Pare num kiosko (lojinhas que vendem principalmente doces, salgadinhos, refrigerantes e cigarros) para comprar alfajores e chocolates argentinos e perguntar ao atendente aonde você pode pegar o 152 (portenhos chamam os ônibus apenas pelos seus números). Verifique se você tem moedas no bolso: elas são o único jeito de pagar seu bilhete de ônibus. Por esse motivo, as moedas são um produto escasso e prezado em Buenos Aires.
    Pegue o 152 no sentido de La Boca para chegar às 17h nesse bairro lendário da cidade, berço do lado imigrante de Buenos Aires e do Boca Juniors. Comece visitando La Bombonera, estádio do time xeneize, e o museu que conta a história e os títulos do Boca. Siga para o Caminito, rua tradicional, muito conhecida pelas suas casinhas e conventillos coloridos construídos há mais de um século, e seus dançarinos de tango.
    Pegue um táxi às 19h de volta para o San Telmo, para um show de tango e milonga no El Querandí, na rua Perú 322, e jante no local. Ali você pode comer não apenas empanadas e carne, mas também peixes, massas e frango.
    Depois da sobremesa, termine sua noite no badalado bairro de Palermo, com muitos bares e baladas. Peça uma garrafa de vinho tinto no Congo (rua Honduras 5329) e, se você ainda tiver fôlego, siga para o Niceto Club, na rua Niceto Vega 5510.
    Buenos Aires é chamada muitas vezes de “cidade que nunca dorme’, e suas baladas vão até o sol raiar: vamos ver se você aguenta depois desse dia agitado!

    Gostou da dica? Então mande o link pro seu marido ou sua esposa. Vão adorar a dica do Brasil na Bagagem.

    Pensou em presentes e lembrancinhas para estrangeiros e brasileiros? www.brasilnabagagem.com.br !

  • Encontre lembrancinhas do Brasil

    Oi pessoal! Após tantos posts com dicas e sugestões de lugares para se viajar, hoje vamos falar do Brasil na Bagagem. Um site que vende lembrancinhas, brindes, presentes, souvenirs para estrangeiros ou brasileiros que vão pra fora. Em nossa loja virtual, temos produtos com matéria-prima brasileira, extraída das 5 regiões do país: norte, nordeste, sul, sudeste e centro-oeste.

    Chaveiros, imãs de geladeira, kits de caipirinha, pedras para bijuterias, artesanato, fitas do senhor do Bonfim, livros, colar de pedras, garrafas decoradas com areia, pimentas, doces e muitos objetos que são presentes bem agradáveis de ganhar.

    Se você tem uma empresa e vai receber clientes, temos uma área corporativa especial. Em nosso portfólio de atendimento existem várias empresas grandes do Brasil e do mundo. (Entre nesse link http://bit.ly/Jzjzdm)
    Portanto já sabe: pensou em lembrancinhas do Brasil, produtos brasileiros e presentes para estrangeiros o site brasilnabagagem.com.br é o mais indicado! A embalagem chega impecável e no prazo de entrega estipulado.

    Presentes do Brasil? brasilnabagagem.com.br

  • Parque suspenso em New York

    O mais novo atrativo de Nova York é a High Line, antiga ferrovia desativada que foi transformada em parque suspenso, a nove metros acima do solo. O turista passeia pelos trihos do trem, que percorre 20 ruas sobre a Big Apple.

    A Flot Operadora Turística elaborou um roteiro com seis dias de passeios pela cidade. Além do parque, o viajante visita museus, bares, restaurantes e se hospeda no The Manhattan Times Square ou na Skyline.
    Informações sobre preços pelo telefone (11) 4504-4544. Saiba tudo do parque no site www.thehighline.org.

    E se você procura por lembrancinhas do Brasil, já sabe o site certo né? Brasilnabagagem.com.br

  • Os 8 segredos dos parques da Disneylândia

    Construções secretas e comportamentos estranhos dos frequentadores. O site CNN listou oito itens que poucas pessoas sabem sobre o império de Walt Disney. Confira abaixo alguns segredos do mundo da fantasia:

    1)Há cadáveres na Mansão Assombrada
    O passeio pela Mansão Assombrada da Disney World é um dos mais assustadores do parque, mas não pela razão que você imagina. Em seu livro de 1944, Mouses Tales (Contos do Rato), o ex-funcionário do parque David Koeing conta a macabra história de um grupo de turistas que pediu um pouco de tempo extra no passeio para que pudessem realizar uma homenagem à um menino falecido de 7 anos de idade.
    A Disney deu permissão à família, mas ao que parece, a homenagem foi apenas uma parte da história. Quando os enlutados foram vistos jogando uma substância em pó no local, a Mansão Assombrada foi imediatamente fechada, até que todos os restos pudessem ser limpos.
    Mas, por incrível que pareça, esse fato não aconteceu isoladamente. Despejo de cinzas tem ocorrido em todo o parque, mas nem todas as pessoas tentam fazer isso escondido. Todos os anos, várias famílias pedem  permissão para jogar os restos mortais de seus parentes e, de acordo com o porta-voz do parque, a resposta é sempre não.

    2) O parque possui os próprios gatos noturnos
    A cada noite, na Disneylândia, após o encerramento das atrações, o parque se enche de gatos. Funcionários do parque afirmam que o amor aos felinos ocorre pelo fato deles ajudarem a controlar a população de ratos.
    Segundo reza a lenda, os gatos apareceram em 1955 e, ao invés de gastar tempo perseguindo-os, os funcionários decidiram colocar estes animais para trabalhar. Hoje, é feito um controle de natalidade e os gatos que nascem  no parque são enviados para a adoção.

    3) É um lugar apreciado pelos exibicionistas
    Pouco antes da queda brusca da montanha russa Splash, as câmeras da Disney tiram fotos instantâneas para pegar as expressões faciais das pessoas. Porém, no final dos anos 90, as fotografias começaram a serem usadas por pessoas que queriam se exibir.
    Eram comuns fotos com pessoas com os seios de fora. Para isso, funcionários do parque começaram a monitorar os turistas desinibidos e a bloquear as fotos antes delas aparecerem no telão para todos verem. Com o tempo, o número de exibicionistas diminuiu.
    Em 2009, o parque decidiu que não precisava mais de funcionários para monitorar as fotografias, pondo fim a um dos mais estranhos empregos do parque.

    4) Bigodes não são bem-vindos
    No início da Disney, o fundador do império exigia que seus funcionários trabalhassem bem barbeados. Por 43 anos, os trabalhadores do parque temático foram  proibidos de cultivarem barbas, bigodes ou cavanhaques, mas esta norma caiu, finalmente, no ano 2000.
    Porém, quando vários funcionários começaram a ficar barbudos, o parque resolveu mudar a regra novamente. As barbas não estão proibidas, mas é importante que o funcionário já a tenha quando for contratado ou a deixe crescer durante as férias.

    5) A Disney World é uma cidade
    Quatro anos depois de abrir o parque, em 1955, Walt Disney resolveu que era hora de expandir e, depois de escolher vários locais, optou por um lote de terra em Orlando, na Flórida. Porém, havia um obstáculo em seus planos. A terra do parque se espalharia por dois condados e estaria sujeita a duas administrações governamentais, o que resultaria em uma enorme dor de cabeça burocrática.
    Para resolver este problema, Disney pediu à Assembleia Legislativa da Flórida para deixar a empresa governar sua própria terra, tornando Disney World uma cidade separada.

    6) Eles pintam a cidade de verde
    As partes menos mágicas do parque como cercas, latas de lixo e prédios administrativos são revestidas com uma cor especial, conhecida como Go Away Green uma sombra que tem como objetivo camuflar objetos.
    De acordo com funcionários do parque, não há uma fórmula definida da cor, mas alguns fãs já tentaram recriá-la, levando lascas de tinta, alguns disseram já conseguir reproduzir o efeito exato da tal tinta.

    7)Você pode jogar basquete dentro da montanha russa
    A Bobsled é uma das mais antigas e famosas atrações do parque da Disney, mas o que pouca gente sabe é que no interior da montanha se esconde uma quadra de basquete. Após a construção da montanha, que foi concluída em 1959, a estrutura ocupou dois terços da parte inferior do espaço. Mas então, o que fazer com o espaço extra?
    Funcionários do parque votaram  pela construção de uma quadra de basquete. Deste modo, uma cesta foi colocada e, por questões de segurança, só pessoas autorizadas podem visitar o local.

    8)Clube VIP
    Escondido atrás de uma parede verde no interior do parque há uma das atrações mais exclusivas e misteriosas do mundo de Disney: o Clube 33.
    Walt Disney construiu o clube como um esconderijo secreto para as celebridades e, ele mesmo, foi para Nova Orleans escolher os enfeites e decorações para o ambiente. Durante 44 anos o clube funcionou, atendendo de Johnny Depp a executivos de empresas como Boeing e At & T.
    A entrada no clube restrito é bem difícil. Demora cerca de 10 anos para sair da lista de espera e o valor da taxa de iniciação é de US$ 10 mil, além da anuidade de US$ 3,5 mil.

    Legal demais né? Se for pra Disneylândia, passe pela loja do Brasil na Bagagem e leve lembrancinhas do Brasil!

  • A maior piscina do mundo ao ar livre

    No resort San Alfonso del Mar, no Chile, um mergulho rápido pode se transformar em uma maratona. Isso porque estamos falando da maior piscina do mundo que equivale a nada menos que 20 piscinas de tamanho olímpico.

    Para que ela ficasse pronta foram  necessários quase 250 milhões de metros cúbicos de água cristalina. Além de bater o recorde do Guinness Book como a maior piscina em extensão ela também é a maior em profundidade com 115 pés. Ao todo foram gastos quase 1 bilhão de libras na construção, que começou em dezembro de 2006. Ao longo do ano são necessários 2 milhões de libras para manter a piscina em funcionamento. Ela utiliza sistema de sucção controlado por computador e um sistema de filtração para sugar a água a partir do oceano em uma extremidade e bombear para fora, enquanto aquecimento solar deixa a água em uma temperatura nove graus mais elevada que a água do mar.

    Demais né? Agora é só passar no Brasil na Bagagem e levar as lembrancinhas mais incríveis do Brasil!

  • A melhor cidade do mundo para se viver

    De acordo com a a revista britânica Monocle, que publica todos os anos uma pesquisa com as 25 melhores cidades do mundo conforme a qualidade de vida, a resposta é Helsinque. Depois de três anos ocupando a quinta posição, Helsinque, capital da Finlândia, lidera a primeira posição. Em seguida vem Zurique e Copenhaguen, em segundo e terceiro lugar, respectivamente.
    A revista tem como base quesitos como índices de criminalidade, e também considera a qualidade do ar, os locais para morar, transportes públicos, entre outros fatores. Helsinque conquistou o seu primeiro lugar devidamente merecido, já que em todo o seu conjunto, conta com fatores que consideram a cidade como o melhor lugar para se viver!
    Vale ressaltar que o prefeito de Helsinque, Jussi Pajunen, ficou super feliz com o resultado e disse que trabalha muito para que a cidade se configure como um local saudável e agradável!

    Fofo né viajantes? Já que Helsinque é a melhor cidade, o Brasil na Bagagem é o melhor lugar para se comprar lembrancinhas do Brasil. Recomende-nos!

  • Paisagens surpreendentes em Portugal

    Aqui vão algumas dicas para você montar o seu trajeto e conhecer um lado diferente e muito rico do país.

    Alentejo
    O Alentejo é uma região rural e diferente das paisagens mais conhecidas, com planícies de grama e campos de milho intercalados com extensas florestas de pinheiros. No litoral da região, há praias muito bonitas e com poucos turistas, como Almograve. A cidade de Évora, capital do Alentejo, foi nomeada patrimônio mundial pela Unesco e é considerada uma das mais belas cidades do país. Muitos monumentos e ruínas, como a majestosa Catedral de Évora e o Templo Romano, mostram a riqueza histórica do lugar. Você pode se hospedar no Hotel Convento de São Paulo, antigo convento erguido no século 12 e transformado em luxuoso e requintado hotel, a cerca de 50 km de Évora.

    Algarve
    Algarve é um importante ponto turístico de Portugal. Albufeira, principal cidade da região, é um bom local para ir à praia e badalar durante o verão europeu. Os preços estão entre os mais acessíveis do continente, e há muitas opções de diversão, como esportes aquáticos, golfe, praias, bares e danceterias. O resort Bayside Salgados é uma boa ideia de hospedagem por um preço razoável. Mas, se o que você quer é fugir dos turistas, passeie pelo interior de Algarve, que reserva belas paisagens. Por exemplo, a vista do Monte Foia, ponto mais alto da região, com 902 metros de altitude. Outra atração fica perto da cidade de Monchique: as termas de Caldas de Monchique, antiga estação termal da época romana, hoje encontra-se reformada para receber turistas que querem relaxar.

    Açores
    O Arquipélago dos Açores é formado por nove ilhas vulcânicas que ficam localizadas no Oceano Atlântico, a 1.500 km de Lisboa. O trajeto é longo, mas o lugar é para poucos sortudos. Todas as ilhas têm em comum a beleza exuberante, as paisagens verdes e um ambiente tranquilo. As praias não concorrem com as brasileiras, mas o arquipélago é ideal para aqueles que querem ficar em sintonia com a natureza. A ilha de São Miguel é a maior delas e acolhe a Lagoa das Sete Cidades, formada por duas lagoas, a Lagoa Azul e a Lagoa Verde. A Ilha de Santa Maria, ao sul do arquipélago, recebe muitos surfistas, que aproveitam as ondas na Praia do Formosa. Já as ilhas centrais, Graciosa, Faial ou Pico, têm muitas atrações naturais como cavernas e a Montanha de Pico, montanha mais alta do Portugal, com mais de 2 mil metros de altitude. Em São Miguel, hospede-se no Talisman Hotel, charmoso e com uma localização ideal, no centro de Ponta Delgada, principal cidade da ilha.

    Belas dicas não é? Este é o estilo Brasil na Bagagem de ser. Lembrancinhas do Brasil, já sabe onde encontrar.

  • Conheça o museu do sexo em New York

    O Museum of Sex se compromete a ser um espaço de diálogo franco e responsável sobre este aspecto tão importante da vida.

    Fundado em 2002, ele era o primeiro do seu gênero. A parceria com várias instituições de pesquisa e especialistas americanos que estudam a sexualidade o tornaram uma referência, inclusive para estudantes e pesquisadores que escolheram esta área como alvo campo de conhecimento.

    Apesar de muita gente torcer o nariz para a sexualidade, devido à banalização que ela tem sofrido, visitar o museu (restrito a maiores de 18 anos) pode ser uma experiência válida, pois lá o assunto é tratado com o respeito que merece. A loja do museu recentemente foi ampliada e dobrou de área, tornando-se um destino turístico. Traz artigos assinados por artistas e designers, além de peças inspiradas e vindas de diferentes partes do globo, um verdadeiro achado.

    A coleção permanente do museu é composta de mais de 15 mil artefatos, entre obras de arte, fotografia, roupas, invenções tecnológicas (com destaque para os sex toys), entre outras. O museu também abriga uma biblioteca especializada e um acervo multimídia, com DVDs; E o melhor é que a coleção só tende a aumentar. Afinal, sexo é um dos assuntos mais humanos que conheço!

    Vai viajar? Leve lembrancinhas do brasilnabagagem.com.br